Quinta-feira , 02 de Junho DE 2011

Continuação das Histórias

Os alunos do 8º S quiseram dar continuidade às histórias dos alunos da Quinta de Marrocos. Foram formados dois grupos de trabalho. O primeiro foi formado pelo Luís, pelo Pedro e pelo Miguel e o segundo pela Vanessa e pela Elisabete. Neste post, vamos conhecer a história dos rapazes. Eles gostam muito de seres fantásticos: anjos, duendes e sereias. A história que imaginaram dá conta disso mesmo.

 

A selva fantástica

 

A Josette, o Ruben, o André, o Tiago e o Bernardo escreveram uma carta aos seus amigos de Paranhos a contar as suas aventuras. O Pedro, o Luís e o Miguel resolveram contar-lhes também uma aventura.

         Um dia iam os três a passear pela rua e viram uma janela com muita luz e muito brilho. Aproximaram-se e espreitaram para dentro da casa. Ficaram espantados! Lá dentro, não era uma casa normal, era como se fosse um outro mundo. Os três amigos ficaram a olhar uns para os outros sem saber o que dizer. Depois, decidiram entrar pela janela para perceber melhor o que se passava lá dentro. Ao caírem no chão, não caíram num chão de madeira, mas sim numa floresta muito bonita. Tinha árvores e animais diferentes,  que eles nunca tinham visto antes. Ao longe havia uma lagoa muito grande e o Luís aproximou-se. Sentou-se perto da água a comer gomas.

         De repente, apareceu uma jovem muito bonita à superfície da água. O Luís ficou pasmado a olhar para ela e perguntou-lhe quem era. Ela disse que era uma sereia e que vivia naquele lago.

A sereia apanhou o Luís e ele caiu à água. De repente, o Luís transformou-se também num ser do mar como a sereia. Mergulhou na lagoa e descobriu peixes diversos. Depois, foi até à casa da sereia e ficou encantado.

         O Pedro estava a caminhar pela floresta. Havia muito nevoeiro. De repente, percebeu que estava ali alguém e ficou preocupado. Apareceu uma mulher a voar. Desceu até ao chão e o Pedro perguntou quem era ela. Ela disse que era um anjo e que vinha do céu. Era muito bonita e o Pedro ficou apaixonado. Ela levou o Pedro para o céu e ele transformou–se num anjo muito grande e bonito. Voaram muito alto e viram pássaros diferentes, de varias cores. O céu estava brilhante. Depois chegaram à casa dela no céu. O Pedro ficou fascinado. A casa era muita bonita e tinha plantas e aves de várias cores. E os dois foram felizes para sempre.

 

 

                                    

 


publicado por Maria do Céu Gomes às 21:39
Quinta-feira , 02 de Dezembro DE 2010

Semana da Leitura

 

 

De 22 a 26 de Novembro, decorreu em Paranhos a Semana da Leitura. Os alunos surdos do 8ºS e do 9ºS foram a algumas aulas de turmas de ouvintes contar histórias criadas por eles e falar da importância da leitura e da escrita.

Os alunos do 8ºS contaram uma história criada por eles na disciplina de Português. Enquanto os alunos gestualizavam, a intérprete traduzia para voz. A propósito da história, falou-se um pouco sobre as diferenças existentes entre a estrutura da língua gestual e a estrutura da língua portuguesa. Os alunos ouvintes tiveram ainda a oportunidade de ver dois filmes criados a partir de histórias dos alunos. Foi ainda mostrado aos alunos ouvintes o blog criado pelos alunos surdos para o intercâmbio escolar com a Escola Básica Integrada Quinta de Marrocos, de Lisboa.

Os alunos do 9º ano leram em LGP um texto sobre a importância da leitura e da escrita “A magia da escrita”. Foram entregues cópias do texto aos alunos ouvintes, que ficaram de ilustrar o texto em casa. Esses desenhos serão depois digitalizados e apresentados à comunidade educativa.

Os alunos surdos deram alguns testemunhos das suas vivências, nomeadamente no que concerne a sua experiência escolar. Uma aluna falou da época em que frequentou outra escola, inserida numa turma de ouvintes. Falou das suas dificuldades e do que sentiu quando veio para Paranhos. Falou ainda da forma como aprendeu a Língua Gestual Portuguesa. Os alunos ouvintes foram muito interventivos, colocando várias questões. Foi uma experiência muito interessante de enriquecimento mútuo para todos.

 

Fica aqui a história escrita pelo 8ºS:

 

A Bruxa Paula

 

Era uma vez uma bruxa que vivia num castelo sempre rodeado de nuvens negras e trovões. Dentro do castelo havia muitas aranhas, morcegos, abóboras e um grande caldeirão preto onde ela fazia poções para poder voar na sua vassoura. O castelo era guardado por enormes corvos pretos com olhos vermelhos.

Na véspera do Dia das Bruxas, a bruxa Paula foi descansar, pois estava muito cansada por ter estado todo o dia a fazer poções. Depois de ter dormido um bom sono, a bruxa Paula comeu uma sopa de olhos verdes e como sobremesa abóbora com asas de morcego. Para finalizar, pegou num copo e foi ao caldeirão e encheu-o de poção e bebeu-a de um só trago. Entretanto, subiu para a sua vassoura, a janela abriu-se e ela saiu voando através do céu estrelado em direcção à aldeia.

Quando lá chegou, lançou uma magia e aquela aldeia desapareceu, surgindo no seu lugar uma outra muito mais bonita. Os habitantes quando acordaram repararam que esta aldeia estava diferente: ali os homens podiam trabalhar, não havia fome nem pobreza. Para festejar esta mudança os aldeões fizeram uma grande festa que durou três dias.

 

                                                          Luís, Miguel, Vanessa, Pedro e Elisabete                                        

     

publicado por Maria do Céu Gomes às 17:53

mais sobre mim

pesquisar

 

Junho 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

últ. comentários

  • Olá!Visualizei agradada a vossa narrativa poética....
  • Olá a todos!As respostas não vim dar, o trabalho d...
  • Olá artistas!Fizeram coisas bonitas de se ver!Gos...
  • Olá malta de todos os tamanhos, de todas as formas...
  • Gostei!...E acho que a GAIVOTA que "adora o sol e ...

arquivos

tags

links

participar

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro